22.6.17

Rua Elísio de Melo - Tabuletas

2017_168




2017_167





Elísio de Melo, comerciante portuense, faleceu em 1929. Ver mais aqui.


16.6.17

Travessa de Cedofeita - 2017 - 2

2017_163




2017_164




2017_165


Ontem passei por lá e reparei que a "Marquesinha" estava encerrada. 

No início dos anos sessenta era uma papelaria ou quiosque, como se chamava na altura. Vendia cadernos e mais artigos de papelaria, valores selados, tabaco, jornais e revistas. Também vendia envelopes, postais e selos. Era lá que eu comprava as esferográficas e os cadernos, mais tarde os "Mundo de Aventuras" e outras histórias aos quadradinhos. Também papel selado e folhas de papel Almaço. Mais tarde foi o meu fornecedor de tabaco e ali também alimentava o meu TMN e o meu Andante. 

Cada vez tinha menos clientes encostados ao longo balcão. Um dia foi retirado o marco de correio que se encontrava quase diante da porta.

Agora já nem de porta precisa.

Os vizinhos e os fregueses ficaram mais desamparados. 

 

11.6.17

Travessa de Cedofeita 2017

2017_162



Há meses atrás saiu desta loja um dos alfarrabistas do chamado "Bairro dos Livros".

Passei lá e reparei que a cultura tinha sido substituída por "evaporações nocturnas". 

10.6.17

Avenida de França e o jacarandá

2017_159




2017_160




2017_161



Apesar da cidade ter perdido o tal Jacarandá do Viriato outros, nos dez últimos anos vieram ocupar mais espaço em certas ruas da cidade. 

 

9.6.17

Música na rua do Almada

2017_157


Naquela rua estreita onde os metais eram a principal actividade existia e ainda existe uma loja de instrumentos de música. Só não posso afirmar que ainda construam instrumentos. 

 

8.6.17

Os irmãos Lumière na rua José Falcão

2017_158




Para relembrar a sala de projecção que outrora existiu neste prédio?

Sobre os dois irmãos pode saber mais aqui. O artigo é bastante sumário e aconselho a leitura do mesmo em Francês pois é mais completo.