2.8.07

Antigos nomes de ruas do Porto VII

Nomes Antigos _ _ _ Nomes Actuais

Largo de Eleutério - - - Largo de Pinto Correia

Avenida Epitácio Pessoa - - - Avenida Dr. Antunes Guimarães

Caminho da Ervilha - - - Rua Correia de Sá

Largo da Escola Médica - - - Largo Professor Abel Salazar

Escada da Esnoga - - - Escadas da Vitória

Rua da Esperança - - - Rua Tomás Gonzaga

Viela do Espertete - - - Rua Alegre

Rua do Esteiro de Campanhã - - - Avenida Paiva Couceiro

Estrada Velha - - - Rua do Lindo Vale

Travessa da Fábrica - - - Rua de Avis

Campo da Feira do Gado – - - Praça Guilherme Gomes Fernandes

Largo da Feira de S. Bento - - - Praça Almeida Garrett

Travessa de Fernandes Tomás - - - Rua Comandante Rodolfo de Araújo

Rua Fernão de Magalhães - - - Rua Câmara Pestana

Rua Par­ticular de Fernão de Magalhães - - - Rua Brás Cubas

Rua da Ferraria de Baixo - - - Rua do Comércio do Porto

Viela do Ferraz - - - Travessa do Ferraz

Praça das Flores - - - Praça Dr. Pedro Teotónio Pereira
Travessa da Rua das Flores - - -
Rua de Afonso Martins Alho

3 comentários:

Hugo disse...

Ainda a semana passada vi a placa (uma verde, das recentes) colocada pela CMP a indicar "Praça das Flores".
Se o nome mudou, se calhar voltou a mudar de novo para o antigo. Não vi nenhuma placa que tivesse "Praça Dr. Pedro Teotónio Pereira".

JRP disse...

Está seguro que o campo da feira do gado é a praça Guilherme Gomes Fernandes? Julgo que o campo da feira de gado é o campo 24 de Agosto (para além de Mijavelhas e Campo Grande) e que a Pração Guilherme Gomes Fernandes teve a designação de Praça de Santa Teresa e de Feira do Pão...
Qual é a fonte?

Teo Dias disse...

duas respostas:
- para o Hugo: Pelo que pesquisei um pouco pela net, ainda existem referências à Praça Pedro Teotónio Pereira (embaixador de Portugal em Madrid no início dos anos 40)- uma delas aqui: http://www.oprimeirodejaneiro.pt/
?op=artigo&sec=c16a5320fa475530d9
583c34fd356ef5&subsec=389bc7bb1e1
c2a5e7e147703232a88f6&id=d6c9c3
4bc57f442f6284e7c8579f8494

outras existem na própria página da Câmara Municipal.
lá vou ter que ir até campanhã para observar as placas verdes. prometo resposta concreta para breve.

- para o jrp: obrigado pela alerta. mas também é verdade que as feiras da cidade foram mudando de praça em praça ao fio dos anos. a minha fonte, um pouco simples, é um roteiro da cidade com alguns anos.
já agora uma pequena curiosidade: da feira do pão ainda nos resta um vestígio: a confeitaria Ribeiro, que da bancada na rua passou para uma padaria instalada na própria praça.
e mais uma: eu ainda sou do tempo... em que haviam vários farinheiros na próximidade. hoje, só encontramos o último no largo do Moínho de Vento.
prometo, igualmente, uma resposta para breve.