12.12.08

Praça de LISBOA

03|12|08

Publicada no Flickr


Ver também em Lisboa S.O.S. um comentário sobre o estado em que se encontra este local.

4 comentários:

Vap disse...

Bem...
Essa merece figurar no Euronews, na rubrica: no coments!

Amanda disse...

Olá Teo,

Gostava de lhe fazer uma pergunta. Tem alguma ideia de porquê que o Bairro da Pasteleira tem esse nome?
Estou a realizar uma reportagem sobre o bairro e, se de facto for uma história interessante, gostaria de incluir essa informação.

Obrigada, desde já, pela atenção (:

Teo Dias disse...

Cara Vap,
curiosamente no mesmo dia o blog "Lisboa SOS" fez um largo comentário em imagens e palavras a esta triste praça. nas minhas mais longínquas recordações ainda subsiste uma ida ao "mercado do anjo" com a minha avó!é verdade que nos anos 60 a praça de Lisboa era um terreiro onde estacionavam automóveis durante o dia e as "carreiras" durante o fim de semana a utilizavam como terminal rodoviário para os "magalas". nos finais dos anos 70 do sec. XX, era um enorme mercado de vendedores ambulantes... deve ter sido "mau olhado"... não há solução que se aguente, mesmo o último projecto de instalação de uma "mega-livraria" foi por água abaixo.

Teo Dias disse...

Amanda,

assim a responder depressa e de cor,

o topónimo de "Pasteleira" já vem de longe.
uma coisa é certa: nada tem a ver com um certro modelo de bicicleta.

o Forte da Pasteleira foi muito importante durante o "Cerco do Porto". Talvez encontre mais informação na obra de David Martelo e de Helder Pacheco.

tenho a vaga ideia que a origem vem de uma propriedade que pertencia a um certo "pasteleiro".

também espero que alguém possa responder à sua pergunta!

Nota à margem:
Lamento que não exista uma colecção de monografias sobre as várias freguesias de cidade.