7.2.16

Árvore das Virtudes

2016_029



A dois de Abril de 1963 teve lugar na terceiro Cartório do Registo Notarial do Porto a escritura de constituição da Árvore - Cooperativa de Actividades Artísticas - SCARL.

Foram dez os outorgantes:

Manuel Pinto

Ângelo de Sousa

Jorge Pinheiro

Carlos Martins

Augusto Carvalho

José Grade

Lima Carvalho

Manuela Delgado

Domingos Pinho

Laureano Ribatua


A Cooperativa de Actividades Artísticas foi o terceiro importante polo cultural a nascer na cidade depois de 1945. Depois do Cineclube do Porto (Clube Português de Cinematografia) em Abril de 1945 e depois do Círculo de Cultura Teatral (T. E. P.) em Fevereiro de 1951.

Apesar das vicissitudes do tempo e do fascismo os três ainda continuam vivos.

Quem disse que a vida associativa na cidade era pobre?


Sem comentários: